fbpx

Helicóptero de combate a incêndios cai em Valongo. Piloto não sobreviveu

Um helicóptero de combate a incêndios caiu, esta quinta-feira à tarde, na zona de Sobrado, Valongo, causando a morte ao piloto, que seria o único ocupante da aeronave.

Uma testemunha revelou ter visto o helicóptero chocar contra um poste de alta tensão e a cair, tendo ouvido uma explosão de seguida.

Quando a aeronave caiu, explodiu e originou um incêndio no local.

Ao Jornal de Notícias, Manuel Esteves, testemunha que deu o alerta, contou: “Bateu num cabo de alta tensão. Vimos uma faísca quando a hélice bateu. Deu duas voltas no ar e caiu”. Segundo a testemunha, o helicóptero teria acabado de deixar cinco tripulantes no solo.

O alerta para o incêndio foi dado pelas 16.05 horas.

Segundo informação da Proteção Civil, na página oficial consultada pelas 16.45 horas, no combate às chamas estavam 47 operacionais, apoiados por 10 viaturas e dois meios aéreos.

Em dezembro de 2018, a queda de um helicóptero do INEM na zona de Valongo provocou a morte a quatro pessoas.




Artigos relacionados