Guarda prisional morre em violento despiste 15 minutos depois de sair do trabalho, em Sintra

Pedro Almeida, de 33 anos, despista-se em estrada onde tinha ocorrido o rebentamento de uma conduta de água.

Um guarda prisional de 33 anos, colocado na cadeia de Sintra, perdeu a vida durante a madrugada este domingo, dia de 28 julho, na sequência de um despiste do carro que conduzia, que foi embater de forma brutal contra um muro, na Zona de Rio de Mouro, Sintra.

Pedro Almeida perdeu a vida cerca de quinze minutos depois de ter saído do turno de serviço.

À chegada dos bombeiros, a vítima estava inconsciente e foi desencarcerada. Foram feitas várias manobras de reanimação por parte dos operacionais de socorro, mas Pedro não resistiu aos ferimentos e acabou por perder a vida no local.

Na origem do acidente poderá estar o rebentamento de uma conduta de água naquela estrada, que provocou o despiste da viatura em que Pedro Almeida seguia. O acidente ocorreu na Estrada Nacional 249, junto à Aldeia de Santa Isabel. O alerta do mesmo foi dado às autoridades pelas 00:38.

Para o local da ocorrência foram mobilizados os bombeiros de Algueirão-Mem Martins, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Cascais e a PSP, com um total de de 20 operacionais apoiados por nove viaturas.




Artigos relacionados