fbpx

Grupo de jovens maltrata gato e coloca-lhe cigarro aceso na boca. Caso gera polémica

Episódio de maus-tratos já foi denunciado às autoridades competentes.

O partido Animalista Contra o Maltrato Animal (PACMA) denunciou através das redes sociais os maus-tratos a animais por um grupo de jovens a um gato esta segunda-feira em Almería, Espanha.

O grupo de jovens, enquanto bebia cerveja, gravou o momento em que forçam o animal a andar com as duas pernas, sacudindo-o com movimentos bruscos e lhe abrem a boca para colocar um cigarro aceso.

Segundo o PACMA, “esse tipo de episódios acontecem constantemente e espalham-se nas redes sociais com total impunidade, já que quem comete tais actos conhece as sanções ridículas para quem maltrata animais”.

De acordo com o jornal La Vanguardia, o partido pede uma mudança na legislação para “endurecer as multas”, de modo a que “as pessoas capazes de maltratar os animais desta maneira recebam sanções exemplares”, disse Laura Duarte, porta-voz do PACMA.

A denúncia foi transferida para a Polícia Nacional e para o Ministério Público da Criança, na eventualidade de as pessoas no vídeo serem menores.




Artigos relacionados