As autoridades israelitas investigam um abuso em grupo a uma jovem de 16 anos. A vítima apresentou queixa na passada sexta-feira.

Os abusos aconteceram num hotel em Eilat, Israel, para onde a jovem tinha ido de férias no início deste mês com um amigo que se encontrou com um grupo de conhecidos dele.

Quando o jovem regressou ao hotel, vários terão violado a jovem. O amigo da rapariga ainda a tentou ajudar mas não conseguiu evitar o desfecho.

Até à data já foram realizadas duas detenções. Os suspeitos terão todos cerca de 20 anos.

Um dos jovens que foi detido tinha uma gravação da alegada violação e mensagens entre ele e a adolescente. O suspeito negou ter comunicado com a jovem e alegou que o seu telemóvel estava a ser usado por outra pessoa, adianta o jornal Times of Israel.

O mesmo suspeito disse à polícia que mais de 30 pessoas estiveram envolvidas no incidente, mas que as imagens das câmaras de segurança provam que foi consensual.

Bejamin Netanyahu, primeiro-ministro israelita, pediu para que os responsáveis fossem “levados à justiça”.

DEIXE A SUA OPINIÃO