Caso aconteceu no Carvoeiro, concelho de Lagoa.

Militar da Guarda Nacional republicana foi atingido com uma garrafa de vinho.

Um militar da GNR sofreu vários ferimentos depois de ter sido atingido com uma garrafa de vidro na cabeça, durante a noite do passada sábado.

A GNR terá sido acionada ao local da ocorrência depois de vários vizinhos fazerem queixa devido a uma festa que estava a decorrer numa residência no Carvoeiro, pertencente ao concelho de Lagoa. Em causa estava o barulho e a violação do Estado de Emergência.

Durante a abordagem dos militares da GNR aos responsáveis pelo barulho, pai e filho, de nacionalidade brasileira, reagiram de forma agressiva. Ao que tudo indica, os dois homens estariam alcoolizados.

Um dos militares acabou por ser atingido com uma garrafa na cabeça, provocando-lhe ferimentos ligeiros. Para além disso, o militar também sofreu ferimentos numa das pernas.

Depois do episódio de violência e de o militar ter recebido tratamento hospitalar, foram acionados reforços para o local. Os dois homens foram detidos por resistência e agressão às autoridades.

DEIXE A SUA OPINIÃO