O pai de Pedro Fonseca, o jovem que perdeu a vida quando tentou resistir a um assalto no Campo Grande, deixou uma emocionante despedida ao filho.

A mensagem foi publicada após a realização funeral do jovem engenheiro recém-licenciado em Engenharia Informática.

“As ideias ainda estão muito baralhadas, talvez para autoproteção”, começa por escrever o pai de Pedro.

“No dia de ontem, depois de uma noite muito mal conseguida, com um grande intervalo pelo meio, que a TV ajuda a preencher, às 08h25 estava junto ao mar a sentir a brisa fresca e reconfortante. Ao observar as ondas que parece lutarem contra o areal, para conseguir dominar a terra e os jovens surfistas que naquele vai e vem andam numa luta constante, questionei-me. Se um daqueles jovens sofre um acidente mortal, como será a dor do pai. Será como a minha?”, continuou o pai.

Nada levaram, mas roubaram o que ele mais adorava, que era a alegria de viver, basta olhar para as fotos dele”, afirmou o antigo inspetor-chefe da Polícia Judiciária que deixou ainda um agradecimento ao apoio prestado pelos colegas.

“Desejo os maiores sucessos à investigação, não por este Pedro, porque por mais buscas que façam, não vão conseguir apreender aquilo que lhe foi roubado, a vida, mas sim, para que outros Pedro, Ana, José ou Maria, não venham a ser vítimas”, disse.


DEIXE A SUA OPINIÃO