Gustavo Ferreira relembrado como um grande profissional de saúde.

Faleceu Gustavo João Lopes Simões Melo Ferreira, médico e presidente do Conselho Clínico e Saúdo do Agrupamento Centros de Saúde Maia/Valongo. O profissional de saúde perdeu a vida vítima de doença prolongada aos 44 anos, durante a tarde desta segunda-feira.

As cerimónias fúnebres vão realizar-se esta quinta-feira, dia 24 de setembro, na Igreja do Foco, no Porto, pelas 13h30. O corpo será depois transportado para o Cemitério da Lapa.

O profissional deixa enlutadas a sua mulher Dra. Carla Ferreira e a sua filha Leonor em tenra idade.

A Câmara Municipal da Maia informou, através de comunicado, a aprovação, por unanimidade, do voto de pesar pelo falecimento.

“Gustavo Ferreira revelou sempre um elevado sentido da missão pública que lhe estava confiada e manteve com a Câmara Municipal da Maia, particularmente com o Executivo e com as equipas técnicas que organizaram e operacionalizaram com as autoridades de saúde a resposta aos primeiros impactos da pandemia que estamos a enfrentar, uma excecional cooperação pessoal e institucional e espírito de partilha colaborativa, colocando-se invariavelmente ao serviço das pessoas, da saúde pública e do bem-comum”, pode ler-se no comunicado.

“Diante a memória de um homem dotado de grandes qualidades humanas que orientava a sua conduta pessoal pela cortesia e modo afável no trato, os membros desta Câmara Municipal curvam-se com profundo respeito e prestam tributo ao homem, ao cidadão e ao servidor público exemplar”, referiu António Silva Tiago.