fbpx

Ex-companheiro agride e arrasta pelo chão empresária de 32 anos, em Vouzela

Uma empresária de 32 anos, ligada a negócios de comércio de pneumáticos, foi agredida com gravidade pelo ex-companheiro numa zona industrial em Vouzela.

O crime terá acontecido após a hora de almoço, na passada quinta-feira, dentro da sede da própria empresa do qual é proprietária, onde foi surpreendida pelo ex-companheiro.

A discussão verbal passou rapidamente para a violência, e o homem agrediu com socos e pontapés, arrastando depois a mulher pelo chão, puxando-lhe os cabelos.

Dois operários da construção civil que passavam pelo local e ouviram os gritos de socorro da mulher acabaram por ajudá-la, altura em que o suspeito se assustou e fugiu.

Para o local deslocou-se uma patrulha da GNR, a quem a vítima indicou quem teria sido o autor das agressões.

Os bombeiros de Vouzela socorreram a vítima, transportando-a de seguida para as urgências do Hospital São Teotónio, em Viseu, onde foi assistida.

O Núcleo de Investigação a Vítimas Especificas da GNR de Viseu procura localizar o suspeito das agressões ocorridas em contexto de mais um caso de violência doméstica. Sabe-se ainda que a mulher tem dois filhos menores.




Artigos relacionados