Dionísio Cunha / Facebook

A polícia abordou um homem dentro da sua habitação, depois da mulher ter feito uma chamada que o denunciava por violência doméstica.

O homem, emigrante português, de Vila Praia de Âncora, foi morto pela polícia Suiça após uma chamada que o denunciava por violência doméstica, em Genebra, na Suiça.

O português ainda foi hospitalizado após ter sido baleado, contudo, acabou por não resistir aos ferimentos provocados pelos projeteis e o óbito foi declarado no hospital.

Em comunicado, o Ministério Público de Genebra começou por desmentir a morte do português mas no início da tarde desta terça-feira foi confirmado o óbito.

O homem teria atacado a mulher pouco tempo antes de chegarem as autoridades, que foram mal recebidas e responderam com tiros.

Enquanto que o homem morreu mais tarde no hospital, a mulher, que também sofreu ferimentos graves, continua hospitalizada.