Adriano Caetano, um empresário português de 64 anos foi encontrado sem vida no escritório da empresa, em Montfermeil, nos arredores de Paris.

Segundo revela a imprensa francesa, o homem foi degolado e esfaqueado pelo menos oito vezes no corpo.

O homem morava no Val-de-Marne (94), mas tinha o escritório da empresa de construção civil e trabalhos públicos numa rua em Montfermeil, na Seine-Saint-Denis, e foi encontrado esta segunda-feira, 9 de novembro.

Adriano Caetano era originário de Colmeias, perto de Leiria e tinha emigrado para França há muitos anos.

Era “conhecido e admirado” na cidade. Criou empresas no ramo da demolição, aterros, construção civil, “e não escondia o sucesso” dizem alguns dos seus vizinhos, refere o Luso Jornal.

O crime ocorreu na Avenue des Bégonias e a violência com que o empresário foi morto está a chocar a comunidade local, onde vivem muitos portugueses. 

São ainda desconhecidas o que estará na origem deste crime, que está a ser investigado Brigada Criminal da Direção Regional da Polícia Judiciária.