Imagem ilustrativa.

Vizinhos não estranharam ausência porque pensavam que o português estivesse com a família em Portugal.

Um português de 48 anos de idade, foi encontrado sem vida esta terça-feira, no sofá da sua residência, em Lyon, França. O emigrante estava rodeado de garrafas de bebidas alcoólicas e estaria morto desde o passado mês de janeiro, altura em que os vizinhos deixaram de o ver.

Os vizinhos do português acharam que este estaria de visita a Portugal para estar com a sua família. Desta forma, a sua ausência não foi suspeita.

Os bombeiros e a polícia local tiveram de arrombar a porta da residência, localizada em Messimy. O alerta foi dado por um agente imobiliário, com quem o português tinha um contrato de venda.

Quando os operacionais chegaram ao local encontraram o homem morto no sofá da sala. O emigrante vivia sozinho desde que os tios e primos regressaram a Portugal. As contas mensais continuavam a ser pagas por débito direto, pelo que não deram pela sua falta.

DEIXE A SUA OPINIÃO