fbpx

Emigrante de Barcelos tira vida à mulher à facada no Luxemburgo

Um emigrante português, natural da freguesia de Lama, Barcelos, está sob custódia policial no Luxemburgo desde o passado sábado após ter golpeado a mulher, de nacionalidade brasileira, no Luxemburgo, com recurso a uma arma branca.

Segundo revelou a polícia daquele país, os serviços de emergência foram chamados a um apartamento no centro de Esch sur Alzette, a cerca de 20 quilómetros da capital, onde residia o casal, encontrando Dione Streckert, de 52 anos, em estado “muito crítico”.

A mulher, natural de Santa Catarina, no Brasil, não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer já no hospital durante a madrugada de domingo, dia 11.

Já o emigrante português foi ouvido pelas autoridades ainda no local do crime e acabou por ser detido, tendo-lhe sido decretada a medida de prisão preventiva enquanto aguarda julgamento.

Familiares da vítima relataram à imprensa brasileira que o homem já se tinha envolvido em confrontos com a companheira anteriormente, tendo inclusive sido detido durante dois dias na sequência de episódios de violência doméstica.

A mesma fonte indica que na origem do crime estão os “ciúmes”, uma vez que a mulher estaria de partida para o Brasil durante esta semana, algo que o português queria evitar.

O crime chocou a comunidade brasileira no Luxemburgo e foi criada uma página nas redes sociais em homenagem a vítima.

Segundo OMinho, os familiares da vítima estão a caminho do Luxemburgo para cooperar com as autoridades judiciais, uma vez que a vítima tinha uma filha de 10 anos [de outro relacionamento] que se encontra agora entregue às autoridades daquele país.




Artigos relacionados