fbpx

“É tudo raiva de termos bons carros?” Mulher deixa carta de revolta a todos os anti-emigrantes

Não é fácil ser emigrante, e ainda se torna mais difícil quando te criticam por tal. Ana Barbosa decidiu deixar uma mensagem a todos aqueles que criticam diariamente os emigrantes.

“Para os anti-emigrantes!


É tudo raiva de termos bons carros? É tudo raiva de andarmos bem vestidos no mês de agosto? É tudo raiva de 20€ para nos em Portugal não representar nada? É tudo raiva gozarmos a vida?

Fica tu sabendo uma coisa, enquanto nós durante o ano nos levantamos com -10 graus ou até as 9h estar 32 graus tu estás na cama a dormir e a viver à custa do estado! Infelizmente, no estrangeiro não nos podemos dar ao luxo de dormir até que horas quisermos, não nos podemos dar ao luxo de andar com bons carros durante a semana, porque aqui trabalha-se! Se temos um bom carro seja ele qual for, temos de o estimar e sim para podermos fazer uma viagem de 2000 kms ou as vezes ate mais! Dizei-me se é com um Fiat uno ou com um corsa a que se chega a Portugal..
Meteis me nojo!

Não vamos a Portugal para nos gabar, vamos a Portugal de férias tal como portugueses vêm ao estrangeiro de férias.

Um ano tem 12 meses, desses 12 meses, passamos 11 a trabalhar, a descontar para um país que não é nosso, mas que um dia mais tarde irá dar frutos aos nossos filhos. Nunca ides sentir a adrenalina de ver aquela placa a dizer 1 km, nunca ides saber o que é estar longe da vossa terra, nunca ides saber o que é ouvir comentários racistas durante o ano!

Ainda chegamos ao nosso país e ainda ouvimos “vêm aí os avecs”, “olha para ela que anda toda finória e lá ando com roupa de limpeza”, é triste ouvir isto de portugueses, é triste saber que na vossa cabeça não tendes um cérebro mas sim um monte de merda!

Ficai só a saber, não é por sermos portugueses que andamos todos nas obras ou então a limpar escritórios!

Uma pessoa precisa de emigrar para ver quem são realmente os verdadeiros amigos, uma pessoa quando cá chega os amigos fogem, mas quando chega ao mês de Julho o telemóvel não pára de tocar, “quando vens para pagares um café?”
Sois uma cambada de tristes, não saímos de Portugal porque quisemos mas sim porque não tivemos escolha!!

Tu que andas sempre a partilhar merdas, sobre os imigrantes, um conselho, faz-te à vida, tal como nos fazemos, dá corda aos sapatos e anda dar aqui no duro para teres um bom carro e viveres bem e poderes dizer que 20€ não é nada para ti!
Deixa as saias da mãe e anda, as fronteiras estão abertas para quem quer trabalhar!

Por: Ana Barbosa”




Artigos relacionados