Jovens foram detidos pelas autoridades esta segunda-feira.

Dois jovens de 17 anos tiraram a vida às próprias mães e foram detidos esta segunda-feira, em Córdova e Huelva, na região de Andaluzia, em Espanha.

O primeiro caso ocorreu em Córdova, no domingo, dia 19. Um jovem de 17 anos terá esfaqueado a mãe, de 48 anos, na sequência de uma discussão que ambos tiveram na própria residência.

De acordo com o testemunho dos vizinhos, o incidente terá ocorrido por volta das 19h00, que ligaram de imediato ao 112 após terem ouvido gritos dentro de casa da vítima. Quando as autoridades espanholas chegaram ao local, a mulher já se encontrava sem vida. A vítima era agente reformada da Guardia Civil.

O segundo caso aconteceu no mesmo dia em Huelva, também pertencente à região de Andaluzia. Uma mulher de 51 anos terá alegadamente sido estrangulada pelo filho de 17, que sofre problemas mentais. Os meios de socorro foram alertados pelas 17h30, após receberem um chamada que dava conta de uma tentativa de suicídio por parte do jovem.

Quando a Guardia Civil e os meios de socorro chegaram ao local, depararam-se com o jovem e o corpo de uma mulher. A imprensa espanhola avança que, depois de estrangular a mãe, o jovem ligou ao seu psicólogo, que por sua vez alertou o pai do jovem, que foi quem ligou para o 112.

O juiz de Huelva ordenou esta segunda-feira que o jovem com problemas de saúde mental fosse internado numa unidade hospitalar.

DEIXE A SUA OPINIÃO