Um homem de 65 anos faleceu após esperar mais de seis horas para ser atendido no serviço de urgências do Hospital de Lamego.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) vai averiguar as circunstâncias em que o homem de 65 anos morreu, na segunda-feira, depois de ter esperado seis horas para ser atendido no Hospital de Lamego.

O CHTMAD já divulgou um comunicado, onde explica que “a afluência ao serviço de urgência da unidade de Lamego foi excecionalmente alta, quando comparada com os dias anteriores” e que o doente em casa “teve um agravamento do estado clínico” e foi “assistido no local e encaminhado para a sala de emergência”

Segundo adianta o jornal Correio da Manhã, a família acusa a unidade hospitalar de negligência médica e exige saber a causa da morte, já que o doente não foi autopsiado.