Diogo Miguel Alves Dias faleceu este sábado a caminho de um incêndio de grandes dimensões em Oleiros.

Diogo Dias, um jovem bombeiro de 21 anos, pertencente à corporação de Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova perdeu a vida na sequência de um acidente do veículo de combate às chamas em que seguiam. Outros quatro bombeiros ficaram feridos, dois deles em estado considerado grave.

Diogo Dias encontrava-se desaparecido depois da viatura em que seguia com os seus companheiros de equipa ter capotado em andamento. A viatura de combate às chamas seguia em direção a um incêndio de grandes dimensões no concelho de Oleiros, distrito de Castelo Branco.

Na sequência do acidente, quatro operacionais dos bombeiros foram projetados para fora da viatura e um quinto elemento ficou encarcerado, sendo arrastado com a viatura para uma ravina.

O jovem bombeiro de 21 anos foi dado como desaparecido após o acidente e viria a ser encontrado algumas horas depois perto do local, já sem vida e carbonizado.

Diogo Dias é o terceiro ‘soldado da paz’ a perder a vida durante o combate às chamas este verão de 2020. O incêndio continua a deflagrar com várias frentes ativas e mobiliza mais de cinco centenas de operacionais.

DEIXE A SUA OPINIÃO