Quando a apresentadora trocou a TVI pela SIC, pretendia ter um papel ativo nas decisões sobre os programas do canal, contudo, fora do seu programa isso não chegou a acontecer.

Logo após Daniel Oliveira ter comentado pela primeira vez a saída de Cristina Ferreira da SIC para a estação de Queluz de Baixo, a apresentadora recorreu às redes sociais para comentar o seu regresso, aproveitando para lançar farpas à direção da SIC.

“Este ‘post’ é para quem acompanhou o programa da Cristina desde o primeiro dia. Não é preciso contar a história porque ao longo de ano e meio ela mostrou-se ao público. Este projeto vivia em mim há anos”, começou por escrever na fotografia onde está presente a equipa que trabalhou no projeto.

“Porque a televisão que faço vive em mim desde sempre. Abri a porta milhares de vezes. Recebi todos da mesma maneira. Do primeiro ministro à história e vida que nunca tinha sido contada. Cada pessoa que ali esteve sentiu a energia daquela casa. A minha SIC foi aquela casa”, continuou.

“Tenho milhares de fotos que ilustram o que ali vivemos, no plural porque sempre foi ‘nossa’. Mas só esta podia estar aqui. Porque tem a minha gente. Os que desde o primeiro dia me deram a mão. Ninguém faz nada sozinho. Posso dizer que foram os escolhidos. E os escolhidos por mim nunca deixarão de ser meus. Eles sabem que estarão sempre comigo. Eles e mais ninguém. Devo a cada um , para o resto da vida, o amor que me deram. Fizemos acontecer. Foi melhor do que imaginamos.

Porque desde o primeiro dia, do outro lado, estava você. Sim, estas palavras são para o público que nos amou. Infelizmente, nestas situações, não há lugar a despedidas. Mas olhando bem não se diz adeus a algo que não acaba. Porque o coração é o mesmo. E o que se segue é só a continuação”, disse ainda.

DEIXE A SUA OPINIÃO