Crianças da escola em Tourcoing, em França, voltaram à escola, mas pode dizer-se que com condições muitos especiais.

O espaço para brincar é reduzido a apenas um quadrado que foi desenhado no chão, o qual não devem trespassar. Esta medida já começou a causar indignação nos pais.

A fotografia foi tirada num dos primeiros dias de regresso dos alunos depois de os jardins de infância terem fechado durante mais de dois meses, devido à pandemia.

Uma professora e investigadora de ciência, comentou no twitter, “Não consigo superar isto. Esta imagem é de partir o coração. Não podemos chamar a isto de escola”, escreveu indignada com a imagem.

“Para garantir o respeito pelas distâncias de segurança, a equipa da escola desenhou pequenos quadrados para as crianças. Os meninas brincam, dançam, saltam, riem juntas mas completamente separadas. Não nos pareceu que vissem isso como um castigo ou uma punição” revelou o canal televisivo BFM, que captou e divulgou a imagem em primeira instância.

Relembre-se que os estabelecimentos de ensino começaram a reabrir gradualmente em França, à medida que as medidas de desconfinamento vão sendo aliviadas pelo governo.

Outra professora, também amplamente seguida no twitter, comentou “De volta à escola. Tudo muito triste”, mostrando imagens das crianças separadas pelo giz e com marcas no chão.

DEIXE A SUA OPINIÃO