fbpx

Criança de 4 anos morre depois de implorar aos serviços sociais para não a mandarem para casa

Um menino de quatro anos perdeu a vida um mês após implorar aos serviços sociais para não voltar para a casa dos pais.

Os pais de Noah Cuatro’s dizem que o menino se afogou na piscina da habitação, a 6 de julho, mas os médicos de Palmdale, Califórnia, dizem que o os ferimentos que ele apresentava não iam de acordo com um afogamento.

A sua bis-avó Eva Hernandez, que tratou de Noah por um longo período de tempo após ter sido tirado aos pais, revela que Noah tinha ficado com muito medo para voltar para casa desde novembro.

Ela revelou: “Eu disse às assistentes sociais ‘Por favor, ele não quer ir, ele quer ficar aqui. Ele suplicou-me.”

“Ele segurava-me e dizia ‘Não me deixes ir, avó.'”

A avó de Noah Cuatro alega que ele viveu uma vida pacífica com ela e que nunca deveria ter sido dado aos seus pais. No entanto, o Mirror explica que, por enquanto, não há evidências de que foram os seus pais que causaram a sua morte.

Até ao momento, as autoridades dos EUA não fizeram qualquer detenção, contudo, as investigações ainda estão em pleno desenvolvimento. 




Artigos relacionados