fbpx

Criança de 11 anos morre de infeção após médicos o mandarem para casa com paracetamol

Lance Garcia queixava-se de um tornozelo dorido e morre com sépsis – uma das doenças mais mortais que praticamente ninguém conhece.

Lance Garcia, de 11 anos, morreu com sépsis – uma infeção grave e potencialmente fatal do organismo causada por agentes patogénicos como bactérias, vírus, fungos ou protozoários. O menino contraiu a infeção após ter ferido o tornozelo enquanto dançava.

O menino chegou a ser levado ao hospital em duas ocasiões diferentes, dois dias antes do seu falecimento, mas os médicos desvalorizaram acreditando que tinha apenas sofrido uma lesão nos tecidos moles. Perante essa crença, Lance foi mandado para casa com paracetamol, como conta o jornal inglês “The Sun”.

O hospital já assumiu a responsabilidade pelo falecimento do menino de 11 anos.

Lanche magoou-se no tornozelo direito quando estava na casa dos pais, Arnel e Malou, a mostrar os seus movimentos de dança. Os pais, ambos enfermeiros, levaram-no ao hospital na manhã seguinte perante a dor que não parecia passar.

Arnel e Malou insistiram que o seu filho fosse tratado com uma urgência mas não foram levados a sério pela equipa médica.

O estado do menino deteriorou-se rapidamente e Lance foi internado no Hospital Wexham pela terceira vez. Lance foi intubado e os médicos tentaram reanimá-lo mas sem sucesso. O menino sofreu um choque séptico e acabou por falecer.




Artigos relacionados