Fabio Teixeira relatou na página da sua loja a experiência que tem sido entregar comida a pessoas que estão em quarentena ou isolamento profilático.

O homem, dono de uma mercearia em Coimbra, descreveu o que tem sido o seu trabalho nos dias em que poucos se podem ir à rua.

Num vídeo partilhado no facebook, o comerciante mostra-se visivelmente emocionado durante o testemunho, onde revela que recebe vários comentários depreciativos sobre a sua atividade.

Fábio diz que é acusado várias vezes de estar a trabalhar de forma interesseira e a aproveitar-se da pandemia para fazer dinheiro.

“Fazem encomendas e não as vêm levantar e nem atendem o telefone” revela o merceeiro, ao afirmar que não está a “fazer isto só pelo dinheiro. Faço isto de coração”.