Ciclista perde a vida atropelado em Grândola. Amigos choram a sua morte

Telmo José Falcão era conhecido no mundo do BTT.

Telmo Falcão, de 33 anos, era uma referência no mundo do BTT e inspiração para muitos colegas com quem partilhava as suas aventuras. Perdeu a vida no passado dia 1 de setembro, na sequência de um atropelamento, enquanto circulava de bicicleta no sentido Sines-Grândola do IC33.

Um carro que seguia em sentido contrário, segundo a imprensa regional, colidiu com a bicicleta de Telmo e o ciclista não resistiu aos ferimentos. O condutor do veículo ligeiro terá sofrido ferimentos ligeiros.

Nas redes sociais multiplicam-se as homenagens ao apaixonado por BTT. Recentemente fez a ligação entre Roma-Santiago de Compostela-Grândola em bicicleta.

Telmo Falcão foi atleta das primeiras equipas do Hóquei Clube de Patinagem de Grândola, um pioneiro do hóquei na região. Era ainda funcionário da Câmara Municipal de Grândola.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro, o alerta da ocorrência foi dado pelas 15:12, tendo sido mobilizados para o local operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Grândola, bem como uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e a GNR.




Artigos relacionados