Quartel recebeu mais de 50 chamadas em 1h.

Várias localidades a norte do país estão a ser afetadas pelas fortes chuvas que começaram este fim-de-semana.

Uma das zonas mais afetadas é a Póvoa de Varzim, com várias ruas a inundarem-se já na manhã deste domingo. Em apenas 20 minutos o tempo provocou um autêntico caos.

No quartel dos bombeiros, os alertas começaram a chegar às 08h20. Em menos de uma hora, foram mais de 50 chamadas. No terreno, estão ainda mais de meia centena de operacionais dos bombeiros e da Proteção Civil.

O comandante dos Bombeiros da Póvoa do Varzim Francisco Nova, relata prejuízos muito elevados, queda de várias estruturas e dezenas de carros completamente submersos em garagens.

Os gráficos no site windy.com mostram a densa massa de água que está a passar pela região a norte do país e que irá piorar nas próximas horas. Pelas 11h00 os índices de pluviosidade eram de 18 mm por metro quadrado.

Fonte: Windy.com

“Não há feridos nem desalojados mas os pedidos de ajuda não param de chegar”, revelou uma fonte envolvida nas operações de socorro ao Diário do Minho.

Contudo a previsão aponta para um maior agravamento do tempo na segunda-feira, com a previsão a apontar para uma intensa queda de chuvas e vento, que irá continuar sobretudo a norte do país, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.