Lote defeituoso multiplicou número de contágios de profissionais de saúde.

Máscaras defeituosas são responsáveis pelo aumento do número de contágios por Covid-19 entre os profissionais de saúde.

Mais de mil profissionais de saúde em Espanha estão em isolamento e outros milhares deverão realizar testes para despiste de Covid-19, após terem sido expostos ao novo coronavírus, devido a um lote de máscaras defeituosas enviadas da China.

O governo espanhol, liderado por Pedro Sánchez, até ao momento, não sabe quantas pessoas terão utilizado este material com defeito. A informação foi avançada esta terça-feira pelo jornal El País.

De acordo com a mesma fonte não se sabe quantas máscaras do lote de 350 a 400 mil unidades estariam com defeito, pelo que se irá fazer milhares de testes entre os profissionais de saúde.

As máscaras terão sido adquiridas à empresa chinesa Garry Galaxy, sendo que o material foi enviado com urgência para evitar que as unidades hospitalares em Espanha tivessem falta de material de proteção.

DEIXE A SUA OPINIÃO