O mundo do desporto está de luto.

O piloto português Paulo Gonçalves, de 40 anos de idade, faleceu este domingo na sequência de uma queda na 7.ª etapa de rali Dakar na Arábia Saudita.

São inúmeras as homenagens de amigos e conhecidos que têm sido feitas ao português que alcançou várias conquistas em nome do nosso país.

“Hoje partiu um grande campeão.

Um campeão eterno; na amizade, na vida, na simplicidade, na serenidade, na solidariedade e no desporto. A vida é injusta, mas a sua família muito se poderá orgulhar do Paulo – um ser humano exemplar.

Nunca mais esqueço os momentos de preparação e as dificuldade nos apoios para as grandes aventuras, nas primeiras edições do Dakar em 2006 e 2007, e aquela chegada apoteótica, em 2013, no Aeroporto do Porto, depois de te sagrares Campeão do Mundo. Inolvidável.

Os meus sentidos pêsames a toda a família e aos teus muitos leais amigos. Descansa em paz amigo, o meu eterno herói e campeão das motas.

Até sempre amigo Paulo Speedy Gonçalves.” – Manuel Losa.

Paulo Gonçalves é ainda recordado pelos amigos como um guerreiro e um exemplo a seguir. “Serás sempre um exemplo a seguir. O país e o desporto português perdeu uma referência mundial do motociclismo”.

DEIXE A SUA OPINIÃO