fbpx

Bebé de 9 meses morre no hospital após receber dose 10 vezes superior ao prescrito

Um bebé de apenas nove meses perdeu a vida em fevereiro no Hospital Gregorio Marañón, em Madrid, após um erro médico.

Segundo adianta o jornal espanhol El Mundo, os médicos terão administrado erradamente uma dose, e deram dez vezes mais do que estava prescrito.

A criança teria sido submetida a um transplante de coração pouco tempo antes. Os pais denunciaram o caso ao centro hospitalar que já havia reconhecido a falha.

O bebé acabou por perder a vida dias depois, de necrose intestinal, apesar dos esforços dos médicos para reverter os efeitos da overdose.

Os pais do bebé apresentaram uma queixa ao Tribunal de Instrução, e vão ser representados por um colaborador da Associação El Defensor Del Paciente. O hospital é acusado de homicídio por negligência, segundo adianta o jornal espanhol El Mundo.

O Tribunal está agora a investigar se o erro esteve no médico, que poderá ter prescrito a dose incorretamente, ou se foi a enfermeira que a aplicou de forma errada.




Artigos relacionados