O estado de saúde do surfista Alex Botelho piorou, depois de ter sofrido uma queda aparatosa na Praia do Norte, na Nazaré.

O surfista sofreu complicações na madrugada desta quinta-feira, tendo a sua situação respiratória agravado, necessitando assim de recorrer a ventilação artificial, para ajudar na oxigenação do sangue. Apesar disto, a sua condição continua estável.

O Centro Hospitalar de Leiria tinha informado na quarta-feira que Alex Botelho se encontrava estável e comunicativo, sob vigilância apertada.

No campeonato, que aproveitou as ondas com cerca de 20 metros, a equipa de segurança e resgate na água, encabeçada pelo brasileiro Edilson Assunção, conhecido pela alcunha de ‘Alemão de Maresias’, foi distinguida com o prémio “compromisso”.

Relembre-se que Alex Botelho sofreu aparatoso wipeout, que o deixou inconsciente, e o colega Hugo Vau que o tentou resgatar se lesionou na perna no momento em que o tentava resgatar.

O surfista permaneceu inconsciente durante quase dois minutos. Foi primeiro transportado para o Hospital de Alcobaça, a unidade de saúde mais próxima da Nazaré, e conduzido depois para o Hospital de Leiria após avaliação médica, onde foi sujeito a diversos exames ao crânio e ao tórax.

DEIXE A SUA OPINIÃO