fbpx

Agente da Polícia entre a vida e a morte após tentar suicídio na esquadra do Aeroporto

Um polícia foi encontrado com ferimentos provocados por uma arma de fogo, nas camaratas da esquadra da PSP no Aeroporto da Madeira.

O agente da Polícia de Segurança Pública terá tentado pôr termo à própria vida na madrugada deste domingo, tendo sido encontrado pelas 03h30 prostrado no solo com um ferimento grave na cabeça, provocado por um disparo de uma arma, que terá sido causado pelo próprio.

Segundo adianta o AgoraMadeira, o agente não se encontrava de serviço mas deslocou-se para até à esquadra, foi até à camarata, e de seguida ouviu-se um enorme estrondo.

Ao local foram chamados os Bombeiros Municipais de Santa Cruz e ainda a Equipa Médica de Intervenção Rápida, (EMIR), tendo o socorro chegado rápido, contudo o cenário era de grande gravidade devido à ferida provocada pela bala.

Após ser socorrido, o homem foi transportado em estado grave para o hospital, onde permanecia pelo menos até as 12h00 deste domingo, nos Cuidados Intensivos, entre a vida e a morte.

O homem em causa, será um agente da polícia que é natural do Caniço. É casado e tem ainda um filho menor de 13 anos.




Artigos relacionados