Pedro Lima, admitiu durante a última grande entrevista que deu à TV Guia, que sentia angústia e depressão.

A TV Guia republicou a entrevista onde o ator falou pela primeira vez sobre o drama, numa altura em que pediu um tempo para descansar, que o terá levado a uma espécie de crise existencial, antes de regressar aos ecrãs n’A Herdeira.

“Uma das coisas que falei com a TVI quando renovei o meu contrato foi que precisava de dar descanso à minha imagem, pois, nos últimos anos, tinha feito projeto atrás de projeto, além de ter estado a fazer teatro. E na altura combinámos que ia parar…” admitiu o ator, quando questionado sobre a sua ausência.

“A minha intenção era poder respirar, ler coisas, aproveitar, mas tive uma reação surpreendente: quando se passa 18 anos a trabalhar como fiz, com regimes de trabalho muito intensos, com desafios enormes, de repente parar… Tive uma reação de descontrolo.” revelou o mesmo,” comecei a questionar-me: o que queria, o que era, quem era… não tenho muita autoestima, ou não tinha por mim e achava que nada era suficiente.

Já houve pessoas que fizeram esta análise por mim e eu, agora, aceito-a de qualquer maneira. Descobri que tenho mais a tendência para me preocupar com o não ser do que o ser… Mas, felizmente, com a ajuda da família, estabilizei.” continuou.

Quando questionado sobre se chegou a sofrer depressão, o autor tinha algumas dúvidas, “Se calhar. Não tomei antidepressivos… mas tive alguns momentos de angústia muito grandes. Não sei se isso é depressão ou não, mas agora estou mais equilibrado. Agora sinto-me novo. Claro que sei que vou ter mais momentos destes na minha vida…”

DEIXE A SUA OPINIÃO